18/06/2020

Resenha: João e Maria, de Neil Gaiman

Título: João e Maria
Título original: Hansel and Gretel
Autor(a): Neil Gaiman
Ilustrações: Lorenzo Mattotti
Editora: Intrínseca
Nº de páginas: 52
Ano: 2014
Encontre: Skoob
Avaliação: Muito bom
Acredito que o conto João e Maria esteja presente na vida de quase todas as crianças, seja por meio de livros infantis, na TV ou outros tipos de adaptação. Comigo não foi diferente: desde a minha infância, tive contato com a estória de inúmeras maneiras. Em 2014, Neil Gaiman publicou uma nova edição do clássico conto, com ilustrações de Lorenzo Mattotti. No Brasil, a editora responsável pela publicação da obra foi a Intrínseca.

Há muito tempo atrás, um lenhador e sua esposa moravam com seus dois filhos, João e Maria, nas margens de uma grande floresta. Os quatro formavam uma família simples e batalhadora, que dependia do árduo trabalho do patriarca para sobreviver. Quando a guerra chegou, as coisas ficaram ainda mais difíceis: não havia comida suficiente para toda a família. Em um determinado dia, João escutou seus pais conversando e ouviu sua mãe propor que o pai levasse as crianças para a floresta e as abandonasse, pois estava sendo muito difícil alimentar quatro bocas e, sem "as bocas a mais", o casal poderia sobreviver.

Relutante, o lenhador acabou aceitando e, no dia seguinte, convidou seus filhos para um passeio pelas profundezas da floresta, onde iria ensina-los a cortar lenha. Sabendo do que iria acontecer, João foi até um córrego e pegou pedrinhas brancas para marcar o caminho que seguiam, assim, poderia voltar para casa com sua irmã. A estratégia, em um primeiro momento, funcionou, mas o destino reservou algumas surpresas para os irmãos.


Quando me interessei pela obra, imaginei que seria como uma releitura da história já conhecida, mas não foi com o que me deparei. Os elementos da trama são aqueles que já estamos acostumados a ver e ouvir desde criança, mas não tão leves como em algumas versões, fazendo com que a publicação de Gaiman e Mattotti se assemelhe bastante ao conto original.

O mais interessante, ao meu ver, além das ilustrações, é o apanhado histórico no fim da obra acerca do conto: com detalhes, o autor nos conta como se deu o surgimento das variadas versões contadas através dos anos. Tudo indica, inclusive, que a história seja baseada em fatos reais, quando, durante a Grande Fome na Europa, algumas famílias abandonavam os próprios filhos e outras se alimentavam até mesmo de carne humana para sobreviver.

A narrativa do autor é impecável e, apesar de logo ter percebido que a obra não apresentava grandes mudanças da história que conhecemos, ainda assim o clima de tensão e suspense tomaram conta de mim. As ilustrações contribuem bastante para isso, dando um clima ainda mais sombrio à trama.

Ao meu ver, a obra vale a pena mais pelo extra presente no final e pelas ilustrações do que pelo conto em si, já que não apresenta quase nenhuma diferença da história que já conhecemos. Para quem é fã do autor e coleciona suas obras, vale a pena o investimento, pois a edição é muito linda. Apesar de eu ter lido no Kindle, já tive a oportunidade de folhear a edição física e me surpreendi com sua beleza. Em suma, recomendo a todos aqueles que querem reviver a infância e conhecer um pouco mais sobre o conto. 

29 comentários:

  1. Fala, Gleydson, tudo bem?

    Sou um fã voraz das diversas releituras do conto do João e Maria, seja para as páginas ou para as telonas, costumo gostar bastante, pois o miolo da história da margem para ela ser reinventada de várias formas.

    Por incrível que pareça, esse livro do Niel Gaiman ainda não li, mas espero fazer isso em breve, adorei a resenha.

    Abraço!
    http://www.marcasliterarias.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Tenho memórias afetivas positivas com esse conto desde a infância. Quando pequeno, ganhei um filme de uma tia e eu assistia muito, no moderno aparelho DVD da época, haha!
    Gostei bastante da resenha e vou ler o conto do Neil, aproveitar que amanhã vou assistir, apesar de todo o ódio da crítica cinematográfica, o filme Maria e João.

    Abraços!
    https://wallsbooks.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Uau! Deve ser um livro incrível. Amo contos de fadas. Parabéns pela resenha simples e objetiva.

    Bom fim de semana!

    Jovem Jornalista
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

    ResponderExcluir
  4. Oi, Gleydson! Eu não li essa versão do Neil Gaiman, mas certamente é agradável de ser lida. Acredito que as ilustrações dêem um toque a mais na obra. Ótima resenha. Abraço!


    https://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Se é do Gaiman eu já preciso ler haha. Essa é uma das poucas obras dele que eu ainda não li, mas já está na lista.

    Abraço

    Imersão Literária

    ResponderExcluir
  6. Oi Gleydson.

    Eu ainda não tive a chance de ler esse livro,mas conheço a história de João e Maria. Vou deixar a dica anotada, para conhecer a escrita do autor neil Gaiman. Parabéns pela resenha.

    Bjos

    ResponderExcluir
  7. Eu tinha medo dessa história quando era criança que você não faz ideia.
    Acho que na minha cabeça, mesmo sem entender ou conhecer, imaginava as coisas meio que na visão do Gaiman hahahahahaha. Ainda não tinha oportunidade de ler essa releitura, mas já me interessei pela sua resenha.

    Sai da Minha Lente

    ResponderExcluir
  8. Este é um conto que eu já li algumas vezes, em diferentes versões e gosto bastante dele. Ainda não li a releitura feita pelo Neil Gaiman (na verdade nunca li nada dele) e fiquei um pouco decepcionada ao saber que não há grandes diferenças para a história que já conhecemos. Mesmo assim quero ler, sobretudo pelos extras importantes que você mencionou. É triste saber que a história do conto pode ser inspirada em fatos reais. A fome, infelizmente, pode levar as pessoas a fazer coisas que elas nunca se julgariam capazes de fazer. :(

    ResponderExcluir
  9. Oi Gleydson,
    Eu, particularmente, evito ler contos porque na maioria das vezes, eu me decepciono. Prefiro livros completos e este, por ser do Gailman, até daria uma chance, mas por ser uma releitura 'quase igual', desanimo de novo, rs.
    beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  10. Eu estava olhando esse livro um dia desses, tu acredita? Mas eu nem tinha percebido que era tão curto! Eu nunca li nada do Neil e tenho muita curiosidade porque ele é super aclamado! Adorei saber o que você achou!

    ResponderExcluir
  11. Olá, Gleydson.
    Essa foi mais uma decepção que tive com o autor. Esperava algo mais fantástico, mas ele não fugiu do que já conhecemos. E as ilustrações também não me agradaram achei tudo muito escuro.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  12. Oi!
    Eu não gostei de Mitologia Nórdica do Neil Gaiman exatamente por não ser muito inventivo em relação ao material original, o que parece que também ocorre aqui, então não fico lá muito curiosa em conhecer essa história.

    Beijão
    https://deiumjeito.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  13. Acho que eu gostaria apenas de ter acesso ao bônus no fim do livro, pois esse é um conto infantil que nunca me chamou a atenção, mas achei legal que ele seja muito mais macabro.
    Abraço, Blog Apenas Leite e Pimenta ♥

    ResponderExcluir
  14. Olá!
    Quando eu era e pedia ara minha mãe contar uma história para eu dormir, essa era uma das poucas que ela conhecia. Animador, né? Hahaha
    Acho que as ilustrações contribuem para o lado sombrio da coisa, o que favorece bastante na leitura.
    Adorei a resenha, ainda não vi como é a edição física dele e fiquei curiosa com seus comentários.
    Com certeza é uma leitura que eu faria.

    https://www.garotasdevorandolivros.com/

    ResponderExcluir
  15. Oi
    eu conheço a história por filmes, desenhos, mas nunca parei para ler algo referente a história, legal saber que esse possui um tom um pouco mais sombrio, as ilustrações parecem ser belas.

    http://momentocrivelli.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  16. Oi oi,
    ganhei esse livro e nunca nem fui atrás de uma resenha para saber mais sobre a obra, e como ela era. Lendo a sua resenha fiquei encantada com o enredo e como você foi sincera na resenha. Vou pegar o livro pra ler, já que em 23 anos de vida nunca li nenhum clássico (eu sei, que vergonha). Não sabia que o autor de João e Maria era Neil Gaiman, então, espero gostar da leitura.

    Beijoss, Enjoy Books
    Beijoss, Enjoy Books

    ResponderExcluir
  17. Oi, Gleydson!
    Com pais assim, quem precisa de inimigos hein? Que horror!
    Gosto muito da escrita do Gaiman, mas nunca fui muito fã da história de João e Maria. Que bom que apesar das ressalvas, foi uma boa leitura pra você :D

    Já estou seguindo seu blog para não perder nenhuma atualização <3

    Estante Bibliográfica

    ResponderExcluir
  18. Tenho essa obra aqui, comprei em uma promoção ainda não li mais adorei suas considerações a respeito do livro!

    ResponderExcluir
  19. Olá!
    É um clássico que ainda não tive a oportunidade de ler, espero conseguir uma edição emprestada em breve pois, a meta é não comprar livros esse ano e até agora está ok a minha meta, não só com livros mas, com muitas coisas.
    Beijos.


    https://www.parafraseandocomvanessa.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Eu devo ser a única pessoa que nunca leu nada do autor!! HAHAHAHAH Mas eu juro que não é por falta de vontade, é só que eu ainda não tive oportunidade de comprar algun doso livros!
    Eu amo todas as histórias de João e Maria, desde aquelas que são mais brutais até as que usam de liberdade poética pra mudar algumas coisas, acho que é uma das minhas histórias preferidas!
    Vou até dar uma olhada nessa história, quem sabe eu ache ela por um preço legal! Adorei a dica!

    ResponderExcluir
  21. Nunca li nada do Gaiman, mas esse livro está na lista de desejados. A edição é linda e, apesar da história já ser um pouco batida, pelo menos o autor inseriu uns contextos históricos pelo que você comentou
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  22. Oiiieee

    Do Gaiman só li Good Omens e adorei a narrativa dela, imagino que a maneira como ele escreve conseguiu prender mesmo que seja uma história já tão conhecida pornós, às vezes o jeito de contar instiga a gente a querer continuar lendo mesmo sabendo o final. Achei esse extra do final incrível e isso deixa a gente curiosa mesmo, não imaginava que a história poderia ser real, já pensou, que triste. As ilustrações tb devem estar bem bacanas, eu imagino.

    Beijos, Ivy

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  23. Oiii!

    tenho uma amiga apaixonada por Neil, eu não consigo gostar, a escrita dele nao me prende e é uma pena. EU já vi essa obra e realmente ela é incrivel!
    Gostei da sua resenha e confesso que fiquei curiosa com o extra, mas não sei se leria no momento..

    Beijinhos,
    Ani
    www.entrechocolatesemusicas.com.br

    ResponderExcluir
  24. Oi, Gleydson

    Eu nunca li a história original, só a versão mais leve mesmo, por isso achei interessante essa versão chegar mais perto do tom da original.
    E deve ser mesmo uma edição muito bonita. Diferente de você, nunca tive a oportunidade de ver em mãos, mas já vi em algumas fotos e achei bem caprichada.

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  25. Olá Gleydson, como vai? Que ótima resenha você trouxe pra gente! Eu sou apaixonada por contos de fadas e histórias infantis, desde sempre, e há poucos anos consegui adquirir alguns livros com as versões originais dos contos, um dos livros foram os escritos pelo irmãos Grimm e outra versão é adaptada das histórias dele.

    Apesar de não conhecer esse livro, vou procurar e adicioná-lo na minha whistlist, porque estou muito interessada em ler as opiniões e pesquisas que estão no final do livro, são sempre muito esclarecedoras e com uma visão diferente da história. Parabéns pelo trabalho.

    Viviane Almeida
    Resenhas da Viviane

    ResponderExcluir
  26. Oi Gleydson, tudo bem?
    Gostei muito da resenha e das ressalvas que você fez.
    Também esperaria algo diferente do conto original, considerando a genialidade pela qual Neil Gaiman é conhecido. Mas eu achei a ilustração que você mostrou no post incrível, assustadora e imersiva. Fiquei curiosa!
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  27. Oi Gleydson!!

    Eu lembro do lançamento desse conto, eu ainda não li nada do Neil, não por falta de interesse, porque tenho um livro dele em minha estante, mas, sinto que ainda não é o momento e olha que uma amiga minha já cansou de me recomendar ele! Acho que ler esse conto seria uma boa, sempre gostei muito de João em Maria, nunca perco a oportunidade de ver/ler novas versões do conto.

    Beijos!
    Eita Já Li

    ResponderExcluir
  28. Eu só conheço o básico do conto original e acho que por isso, esse livro funcione melhor pra mim. Quanto aq este final diferenciado, fiquei bem curiosa.
    Beijos

    ResponderExcluir

© Acampamento da Leitura | 2020. Todos os direitos reservados.
Layout e Design por Gleydson | Imagens gráficas por Freepik.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo