21/04/2020

Resenha: Misery, de Stephen King

Título: Misery - Louca Obsessão
Autor(a): Stephen King
Editora: Suma
Nº de páginas: 326
Ano: 2014
Encontre: Skoob
Avaliação: Ótimo

Que Stephen King  é um escritor genial, não é novidade para ninguém (não é a toa que o chamam de rei do horror). Na minha opinião, uma de suas maiores obras-primas se chama Misery.

No thriller, publicado originalmente em  1987, conhecemos Paul Sheldon, famoso mundialmente por ter escrito a série de best-sellers protagonizados pela personagem Misery Chastain. O autor, porém, considera os romances como porcarias e, vez ou outra, tenta escrever algo mais "sério". Para a sua frustração, nenhuma obra faz tanto sucesso como as em que Misery está presente. 

Ao finalizar um de seus manuscritos, Paul se empolga por considera-lo a sua melhor obra e resolve sair para comemorar, ignorando a forte nevasca e, na estrada, acaba sofrendo um grave acidente. Se não fosse por Annie Wilkes, uma enfermeira aposentada que, por coincidência, se declara sua fã número um, talvez estivesse morto. Quando ele acorda, descobre que Annie o resgatou e o levou para sua própria casa, onde cuida de seus ferimentos e o medica. 

À medida em que os acontecimentos recentes vão surgindo em sua memória, Paul percebe que está com as pernas quebradas, incapacitado de andar. A enfermeira, por sua vez, leu o último volume da série que acompanha Misery e não gostou nem um pouco do final trágico da personagem. Revoltada, a enfermeira decide manter o seu escritor favorito em sua casa até que ele escreva um novo romance especialmente para ela, intitulado O Retorno de Misery. Para conseguir o que quer, Annie possui várias ferramentas ao seu favor, como agulhas e machados.
Talvez eu morra, mas juro por Deus que não vou morrer até ter uma chance de mostrar à minha fã número um o quanto eu gostei de conhecê-la. E não é uma promessa, é um juramento sagrado.
Primeiramente, gostaria de ressaltar um ponto interessante para quem lê Stephen King: em Misery, não há elementos sobrenaturais. O terror psicológico, porém, assume o controle da nossa mente durante toda a leitura. Eu diria que Annie Wilkes é a vilã mais sádica e psicótica dos livros que já li do rei do horror. Me peguei boquiaberto em várias partes da leitura, principalmente quando detalhes do passado da enfermeira são revelados em um certo momento da estória e, a partir daí, tudo tirou ainda mais o meu fôlego.

Os personagens são incríveis! Eu sempre aproveito para elogiar os personagens criados por King, pois são de uma riqueza de detalhes imensa, cada um com sua personalidade muito bem trabalhada. Em Misery, o foco está quase sempre em Paul e Annie, porém, há também personagens coadjuvantes fundamentais para a trama, como a porca de Annie, que se chama Misery, e os policias que vão até a sua casa. Acredito que o fato de o foco estar nos dois personagens principais durante quase toda a história ajudou bastante o autor a trabalhar o lado psicopata e manipulador de Annie, bem como a personalidade forte de Paul, que chega a questionar e desobedecer às imposições da enfermeira sádica.

Quanto à edição, eu diria que não poderia ser melhor. A capa, a diagramação, as fontes utilizadas... tudo contribui para uma leitura perfeita. A Editora Suma capricha bastante nas obras do rei do horror. Uma curiosidade é que, quando Paul está escrevendo o romance de maneira forçada, as teclas "n" e "t" da máquina que ele utiliza não funciona, então, ele adiciona a letra à mão. Desse modo, nas páginas que equivalem a Paul escrevendo O Retorno de Misery, utilizaram não só uma fonte que simula uma máquina de escrever, mas também o "n" e o "t" manuscritos. Particularmente, eu adorei esses detalhes.

O livro é um dos meus favoritos do Stephen King, ficando atrás apenas do clássico O Iluminado,  que, inclusive, possui referências durante a estória. É impossível não angustiar-se lendo Misery. É, sem dúvidas, uma obra-prima de horror. Uma adaptação cinematográfica foi lançada em 1990, dirigida por Rob Reiner e protagonizada por James Caan e Kathy Bates, que recebeu o Oscar de Melhor Atriz em 1991 por sua atuação como Annie Wilkes.

64 comentários:

  1. Olá Gleydson, tudo bem?

    Você acredita que eu ainda não li nada do autor? Preciso urgentemente mudar essa situação e esse livro é um dos que estão na minha lista, seguindo o seu blog aqui.

    Abraço.


    http://devoradordeletras.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Precisa sim haha. O King é genial e não poupo elogios acerca de sua escrita. Espero que você goste bastante. Obrigado pelo carinho, abraços!

      Excluir
  2. Oi, Gleydson como vai? Este é um dos poucos livros que eu li do Stephen. Embora o livro seje bastante parado, quase que monótomo melhorando consideravelmente para o final do livro, eu gostei da leitura. Pretendo ler outros livros do autor. Tenho It A Coisa em minha estante, porém ainda não o li. Ótima resenha. Abraço!


    https://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda não li It, mas preciso fazê-lo o quanto antes. Como eu disse na resenha, Misery realmente explora um lado diferente, deve ser por isso que você achou meio parado. Abraços, amigão!

      Excluir
  3. Pra mim o único defeito de SK como escritor são os finais fracassados, mas confesso que prefiro terror psicológico do que elementos sobrenaturais, como o livro Jogo Perigoso, por isso eu ainda insisto em ler obras desse tipo do autor, haha.
    Misery está na minha lista para futuras leituras, aliás, minha irmã tem o livro, portanto, quando eu me sentir preparada, basta pedi-lo emprestado.
    Amei a sua resenha, bem completinha.
    Beijo, Blog Apenas Leite e Pimenta ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Entendo o seu ponto de vista, pois já vi algumas pessoas reclamando dessa mesma questão sobre os finais. Se você prefere terror psicológico, então, acredito que Misery tem TUDO para te agradar. Espero que você pegue emprestado logo com a sua irmã e ame haha. Fico feliz que tenha gostado da resenha, obrigado pelo carinho. Bjs!

      Excluir
  4. Oi Gleydson, tudo bem?
    A única obra do King que consegui ler até o final foi À Espera de Um Milagre. Dos livros de terror eu acabei desistindo porque achei enrolado. :(
    Misery é a única exceção, no sentido de que tenho muita curiosidade e quero conferir!
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sério? Aff, que triste. Sempre fico assim quando alguém fala que não teve uma experiência muito boa com as obras dele haha. À Espera de Um Milagre eu ainda não tive a oportunidade de ler, mas quero muito. Beijos, Priih!

      Excluir
  5. Oi
    nunca li nada do autor porque não sou fã de terror, mas terror psicológico é um tipo de filme que assisto então deve ser interessante ler um livro assim, já pensou todo leitor fazer isso com o autor que gosta só porque não gosto do final, seria um caos, pelo que falou fiquei curiosa com esse.

    http://momentocrivelli.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. NÉ! Coitados dos autores se isso acontecesse haha. Fico muito feliz que você tenha ficado interessada pela estória. Quem sabe tu lê e gosta, né, já que gosta de filmes do gênero.

      Excluir
  6. Oi Gleydson!
    Eu não conhecia o seu blog, então aproveitei para seguir
    eu só li dois livros do autor e os dois não me apeteceram muito, MAS ainda não desisti kkkkk
    Misery eu tenho muita curiosidade e a sua resenha positiva me deixou com mais vontade.
    Não veria o filme antes de ler, mas sem dúvida vou levar sua opinião em conta. Quero ler a espera de um milagre e Carrie, mas eu tenho Joyland aqui... Vocem e indicaria ele?

    Beijocas da Pâm
    Blog Interrupted Dreamer

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado por seguir o blog, Pâm. Eu já conheço o seu e já o sigo, inclusive!
      É uma pena que os livros que você leu do King não tenham te agradado tanto, mas um ponto positivo é que você não desistiu ainda. Espero que você tenha a oportunidade de ler Misery e goste bastante. Ainda não li À Espera de Um Milagre, mas li Carrie e Joyland, sim. Joyland é muito bom, apesar de não ser uma das melhores obras do autor, é um livro muito bom e que me agradou bastante. Beijão!

      Excluir
  7. Hahaha, e se eu contar que nunca li nenhum título do Stephen King, você me mata?
    Então. Espero ler em breve, apesar que esse ano queria focar mais na leitura de clássicos. Mas adicionar títulos dele nas minhas listas já é um bom começo.

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não mato não haha, mas fico na torcida para que você leia e goste bastante, viu? Ler clássicos é uma ótima ideia, parabéns pela iniciativa. Aproveite para incluir clássicos do King entre eles, como O Iluminado haha. Abraços!

      Excluir
  8. O enredo desse livro sempre me chamou atenção. Parece o tipo de coisa que um fã de verdade pensa em fazer quando um escritor não termina a série. Eu morro de vontade de ler esse livro. Acho que em certas partes me identificaria bastante com os personagens.

    Beijos

    Imersão Literária

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim kkkk acho que todo leitor voraz tem um pouco de Annie Wilkes dentro de si hahaha. Espero que tu leias e goste bastante, viu? Beijão!

      Excluir
  9. Parece ser um livro grandioso. Não sabia que tinha o filme.

    Bom fim de semana!

    Jovem Jornalista
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, põe grandioso nisso. O filme é maravilhoso também, indico bastante, Emerson. Abraços!

      Excluir
  10. Oi. Tudo bem?
    Esse livro está na minha lista há muito tempo e ainda não li, mas sou realmente apaixonada pela adaptação.

    Beijos, Vanessa
    Leia Pop

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo ótimo, Vanessa! A adaptação é mesmo maravilhosa... Aposto que você vai amar o livro também quando tiver a oportunidade de lê-lo. Bjs!

      Excluir
  11. Oii
    Acredita que nunca li nada do King. Antigamente não curtia muito ler livros de suspense e terror mas ultimamente é o gênero que mais me agrada. Chegou a hora de experimentar algo dele.
    Adorei sua resenha, estou com vontade de ler esse livro
    Beijinhos
    https://focadasnoslivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É muito interessante ver como o tempo altera os nossos gostos literários, não é mesmo? Espero que você leia algo dele logo e goste bastante... Ah, e me conte o que achou, viu? Fico feliz que tenha gostado, bjs!

      Excluir
  12. Eu gosto muito desse livro, com toda certeza é um dos meus favoritos do king!!
    A Annie é uma personagem que me despertou muitos sentimentos, tanto de "Eu odeio ela" como "eu meio que entendo ela"! Ela é tão bem escrita que eu cheguei a sentir empatia por ela em alguns momentos kkkkk
    O Filme eu vi logo depois de ler e gostei bastante, achei super fiel ao livro! Esse livro é realmente fenomenal, minha nossa!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, é um dos meus favoritos também, então, um ponto em comum haha. Eu até entendia a frustração dela pelo final do livro, mas, nossa, eu odiava a Annie demais haha. E eu entendia o Paul também, que odiava a personagem. Adorei a palavra que você usou para definir: fenomenal.

      Excluir
  13. Eu não li Misery,mas assisti Louca Obsessão se isso serve hahaha
    Terror psicologico bem escrito é muito bom. A Annie é uma personagem insana. Sádica, maluca.. E se tem alguém que sabe escrever um personagem assim é King

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, todos os adjetivos que você usou descrevem muito bem ela haha.

      Excluir
  14. Oi, Gleydson!
    Um dia ainda tomo coragem para ler os livros do Stephen King. Não sou muito de terror, mas essa categoria de terror psicológico já me cativa mais! Adoro personagens malucos e sádicos!!
    Beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu acho que obras de terror psicológico são uma boa para quem não curte muito terror com elementos sobrenaturais e tal. Acho que tu amarias Misery! Bjs...

      Excluir
  15. O Iluminado também é o meu preferido dele e um dos meus favoritos da vida. Eu ainda não li Misery e morro de vontade, adorei conhecer um pouco mais sobre o livro e ver a sua opinião também. Eu acho o King simplesmente perfeito, não tem um livro dele que seja ruim ou alguma coisa perto disso, tão todos maravilhosos. Espero poder ler esse em breve, sei que vou gostar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo contigo em tudo que você falou haha. Com certeza, você irá amar. Espero que leia logo e venha me contar o que achou, viu? Obrigado pelo comentário!

      Excluir
  16. Olá, adorei sua resenha e considerações sobre a leitura, eu li esse livro tem algum tempo já foi meu primeiro e único do autor, preciso muito ler mais obras deles, me lembro que fiquei chocada com a história e gostei muito da escrita de King, enfim acho que preciso de uma releitura para relembrar os velhos tempos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico muito feliz que tenha gostado! Aproveite para reler mesmo o livro e, quem sabe, adquira outros do autor. Stephen King é tudo haha.

      Excluir
  17. Olá, tudo bem? Genteee, que livro mais louco, hahaha. Desde que vi pela primeira vez a sinopse desse livro fiquei chocada, mas confesso que tenho bastante curiosidade de ler. Adorei a resenha!

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo ótimo, Larissa, e contigo? É bem louco sim haha. Fico feliz que tenha gostado, viu? Bjs!

      Excluir
  18. Eu sempre tive vontade de ler algo do autor, mas acredita que nunca li nenhum de seus livros? Os filmes baseados em suas obras sim, já assisti vários, mas o livro é sempre melhor, né?! Esse aí eu não conhecia. Só quando vi o filme ali é que o nome me soou familiar (apesar de tb não tê-lo assistido). Realmente parece ser mara!

    =)

    Suelen Mattos
    ______________
    ROMANTIC GIRL

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acredito sim, Suelen, mas tá esperando o quê para ler? Hahaha. Bem, se você gosta das adaptações cinematográficas, você irá amar os livros, viu? Até porque o King nem gosta de algumas (a de O Iluminado, que é um clássico e é muito boa, ao meu ver, o autor não curte). Bjs!

      Excluir
  19. Sim, concordo com você, totalmente, essa é a maior obra do autor, lembro-me do filme e do quanto fiquei impactada e depois o choque lendo o livro, fora que também acho a adaptação ótima.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É de impactar mesmo! A adaptação também é maravilhosa <3

      Excluir
  20. Oi Gleydson!

    Stephen King é realente um autor fantástico, eu nem sei como esse homem consegue escrever tanta coisa em tão pouco tempo, não sei o que se passa na cabeça dele kkkkk eu pessoalmente tenho um pouco de problema com thriller/horror, sempre fico muito ansioso com a leitura as vezes tenho problema para dormir então na maioria das vezes eu evito, mas sem dúvidas a premissa desse livro é bem interessante, bom, como a maioria dos livros dele né?

    Beijos!
    Eita Já Li

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Né! Ele lança muita coisa, não dá nem pra acompanhar tudo direito. Já eu amo o gênero: thriller, horror, suspense... tudo pra mim haha. Abração, amigo!

      Excluir
  21. Olá Gleydson!

    Confesso que não costumo tanto ler livros de terror, exatamente por causa do sobrenatural. Acredito que um terror psicológico seja muito mais agonizante e amedrontador, possivelmente por ser real e acontecer em tantos lugares.
    Gostei muito da sua resenha, me deu vontade de ler o livro.

    Abraço!

    Gravado na Memória

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É, pensando por esse ponto de vista, realmente pode ser bem mais assustador. Eu curto ambos os tipos de terror, tanto com uma pegada sobrenatural como uma vibe mais real. Claro, só na ficção mesmo, na vida real Deus me livre haha.

      Excluir
  22. Amei sua resenha, mas não leio livros de terror rsrs medinho. Mas Stephen é genial mesmo pelo que ouço falar. O único livro que li dele foi A Escrita que é totalmente diferente do que ele costuma escrever rsrs

    https://www.submersaempalavras.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico muito feliz que tenha gostado da resenha, Monyque. Obrigado, de coração <3 Sim, o Sobre a escrita tem uma pegada autobiográfica e, também, várias dicas sobre escrita.

      Excluir
  23. Apesar de eu ainda não ter coragem de ler os livros do autor, um dos que mais sinto vontade de conhecer é justamente Misery e amei saber que não há nenhum elemento sobrenatural nele. Fico angustiada em imaginar o terror que o protagonista vai viver nas mãos dessa fã psicopata e torço para que a história termine bem para ele.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Põe terror nisso, Luna. Ele vai sofrer bastante nas mãos da sádica Annie Wilkes. Sobre o modo como a história termina, eu gostei bastante, viu?

      Excluir
  24. Menino que inveja dessa coleção aí de King que você tem. Conhecia Misery bem por cima mas deu pra perceber que o King gosta bastante de usar escritores como personagem, já que temos um também em A Metade Sombria. Super adicionei esse livro na minha lista de desejos de King hahaha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ownt, é linda, não é? Tem várias obras dele que eu quero ter além dessas, mas ainda não tive a oportunidade. Eu ainda não li A Metade Sombria, mas a premissa é maravilhosa e eu acho que eu vou gostar quando ler. Ah, e eu amo histórias com escritores como personagens.

      Excluir
  25. um dos meus objetivos de vida é ler o maximo de obras de king que puder, to meio atrasada mas chego lá kkk, misery é uma das varias que vejo elogiarem mas uma das poucas que fico bem curiosa em ler justamente por causa de anie.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Simmm, esse é um dos meus objetivos também. E ele tem tantas, que eu sei que vai ser impossível eu conseguir ler todas algum dia. A Annie é muito sádica! É uma personagem bem curiosa.

      Excluir
  26. Oi, tudo bem?
    Eu confesso que nunca tive muita vontade de ler os livros do King, porque não leio terror de jeito nenhum (psicológico ou sobrenatural). Mas eu assisti uma parte de Louca obsessão anos atrás e não sabia que baseado nesse livro. Fui descobrir muito tempo depois. Porém, o filme me traumatizou (nem terminei de assistir haha), por nem passa pela minha cabeça dar uma chance para o livro.
    Mas que bom que gostou tanto da leitura. Sei o quanto o King é um autor reconhecido, então tenho certeza que quem gosta de terror irá gostar do livro. Adorei sua resenha.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu acho que muita gente que assistiu não sabe. Tanto o livro quanto a adaptação são incríveis. Para quem gosta do gênero, Misery é um prato cheio mesmo, viu. Fico feliz que tenha gostado da resenha, obrigadão <3 Bjs!

      Excluir
  27. Li est elivor ano passado e ADOREI demais. Que narrativa viciante e angustiante e na sequencia, fui conferir o filme e apesar das adaptações, gostei demais também!!!
    King tem um poder sobrenatural de nos manter ligadinhos nas suas histórias.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Põe angustiante nisso. Eu fiz o mesmo que você: li o livro e, em seguida, já fui assistir ao filme haha.

      Excluir
  28. Eu só assisti o filme, mas já faz um bom tempo, tanto que não lembro mais quase nada. Estou coma obra aqui, preciso me programar para inserí-la em minha lista e assim que lê-la quero assistir o filme novamente. Essa história é sensacional.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, é sensacional mesmo. Espero que você encontre um espaço na sua lista logo para que possa ler. Espero que goste tanto quanto eu gostei!

      Excluir
  29. Olá, tudo bem? Eu acho que uma das grandes facetas, que o faz ser praticamente King como escritor, é ele saber percorrer os vários caminhos da temática terror. Conheço o livro de nome, óbvio, mas por ser algo fora da minha zona conforto, sei que não lerei tão cedo hehe sua resenha me trouxe uma perspectiva nova sobre ele, no entanto não tenho coragem haha quem sabe um dia?! Ótimas palavras!
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo plenamente contigo: ele "brinca" com os diversos meios como o terror pode se manifestar. Não é a toa que suas obras vão do sobrenatural à perversidade humana. Fico feliz que tenha gostado, apesar de não ser um dos gêneros que costuma ler. Bjs, lindona!

      Excluir
  30. Oi!
    Adoro o King, seus personagens são além da imaginação, ele não é o rei atoa. Esse livro não li, mas o filme já assisti e adorei, o livro deve ser melhor com certeza. Li It a coisa, A Incendiária e Olhos de Dragão, tenho a maioria dos livros dele na estante só está faltando ler kkk. Parabéns pela resenha fiquei curiosa em saber mais detalhado o que realmente acontece, pois o filme é muito simplificado, obrigado pela dica!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dos que você mencionou, só tenho o "It", porém ainda não o li. É um calhamaço e tanto, não é? Mas vale à pena. Realmente, o livro é bem mais completo comparado ao filme, apesar deste também ser maravilhoso. Fico feliz que tenha gostado e espero que leia :)

      Excluir
  31. Olá tudo bem ? Eu nunca li nada do King, mas o nome já diz muito sobre os que gostam de sua obra, é realmente um rei. Achei sua resenha bem escrita, mas achei a sinopse bem maluca rsrsrs. Não gosto de temática assim, mas é inegável que sua resenha desperta curiosidade.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mais maluca do que a sinopse é a própria Annie Wilkes haha. Como você não curte essa temática, possa ser que não te agrade mesmo, mas fico feliz que tenha gostado da resenha. Bjs, linda!

      Excluir
  32. Nossa!
    Que enrascada que esse autor se meteu, hein? Até o momento li apenas um livro cruto do King e gostei bastante, inclusive pretendo ler outras obras dele e embora não seja lá muito fã de narrativas que envolvam tortura (imagino que se refira a isto quando cita os meios aos quais a enfermeira dispõe) preciso sabe se e como o autor conseguiu escapar da psicopata.

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Põe enrascada nisso haha. Saber se e como o Paul escapa da sádica Annie é um incentivo e tanto, não é? Que bom que gostou, espero que leia :) Bjs!

      Excluir

© Acampamento da Leitura | 2020. Todos os direitos reservados.
Layout e Design por Gleydson | Imagens gráficas por Freepik.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo