01/07/2015

Resenha: Um Dia de Cada Vez - Courtney C. Stevens

Título original: Faking Normal
Autor(a): Courtney C. Stevens
Editora: Suma de Letras
Nº de páginas: 231
Ano: 2014
Encontre: Skoob
Sinopse: Clique aqui
Avaliação: Ótimo

Alexi Littrell era uma adolescente normal, mas um acontecimento em uma noite de verão marca a sua vida para sempre. Com medo de não ser compreendida, ela prefere enfrentar o problema sozinha, sem contar a ninguém, nem mesmo à sua família. A partir daí, sua vida muda drasticamente. Como forma de se punir e fazer com que a dor física supere aquela que a consome por dentro, ela arranha seu pescoço compulsivamente.

Ela está em pedaços, mas não quer deixar transparecer. Sua família, suas amigas e todos aqueles em sua volta não percebem. Para Alexi, assim está melhor pois ela prefere se punir a contar. A única coisa que a deixa feliz é o Capitão Letra de Música: uma pessoa misteriosa que deixa letras de músicas na sua carteira da escola. As palavras parecem compreendê-las e são elas que a motivam a seguir em frente.

Bodee Lenox é um garoto que pinta o cabelo com suco em pó, sendo chamado por todos de Garoto Ki-Suco. Ele nunca teve muitos amigos e recebeu um novo rótulo: o garoto cujo pai matou a mãe. Totalmente devastado, os pais de Alexi o convidam para morar com eles por um tempo. Mesmo sem querer, Bodee e Alexi criam um vínculo que pode ajudá-los a superar seus problemas.
“A pele se rasga sob minhas unhas no primeiro arranhão, e é tão fácil quanto passar as unhas pela areia. Vou para o segundo round e arranho mais a pele, freneticamente.” - Alexi.
A premissa do livro pode até parecer clichê, mas o rumo que a autora deu à história consegue emocionar e surpreender o leitor. É uma narração forte, que faz o leitor querer devorar as páginas o mais rápido possível. O propósito é mexer com os sentimentos de quem lê.

Os personagens foram muito bem construídos, até mesmo os secundários, cada um com suas devidas características. O que mais me surpreendeu, sem dúvidas, foi o Bodee, que mostrou ser muito forte, apesar de estar passando por uma situação extremamente difícil.

A capa do livro é muito bonita e consegue chamar atenção em uma prateleira. Infelizmente, os problemas enfrentados pelos personagens são comuns. As vítimas não podem sofrer sozinhas e precisam de ajuda, essa é uma das mensagens que o livro passa.

Eu só posso dizer que leiam o livro, pois mesmo que eu escreva milhares de palavras, eu não conseguirei explicar como essa história mexe com o leitor. Abraços, até a próxima!

10 comentários:

  1. Oi Gleydson, nossa fiquei intrigado com a premissa, é como se fosse algo banal mas ao mesmo tempo provocador sabe? Bem quem sabe eu não o leio! rss

    Abraços!


    http://joandersonoliveira.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia e me diga o que achou ;) Abraços!

      Excluir
  2. Oi Gleydson!!
    Há um bom tempo venho querendo ler esse livro.Pela capa já dá pra perceber que a história não é muito tranquila,mas mesmo assim quero ler.Parece algo simples e complicado ao mesmo tempo,isso me chamou bastante a atenção.
    Abraços!!

    http://livreirocultural.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha chamado a sua atenção, Cláudio. A história não é muito tranquila mesmo, mas é uma boa história. Obrigado pela visita, abraços!

      Excluir
  3. Olá Gleydson, eu simplesmente amo esse livro. Ler ele fez algo novo surgir em mim, Bodee é um dos personagens mais real que já li, me senti a melhor amiga dele e sofri com ele em cada página. Simplesmente maravilhoso ♥

    Lindo, blog estou seguindo com certeza.
    Beijos
    Dani Cruz
    blog-emcomum.blogspot.com.br
    Twitter - @blogemcomum / Insta - @blogemcomum / Fanpage Em Comum

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Dani, eu senti o mesmo, é um livro maravilhoso. É quase impossível não sofrer com o Bodee e a Alexi. Obrigado pelo carinho, beijão!

      Excluir
  4. Oi, te convidei para participar da Tag Doenças Literárias!!
    Veja o post la no blog! :) http://acheilegalblog.blogspot.com.br/2015/07/tag-doencas-literarias.html#more

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Davi, eu já respondi essa tag aqui no blog, mas muito obrigado por ter me indicado! :) Abraços!

      Excluir
  5. Oi.
    Bela resenha.
    O livro me agradou bastante.
    Parece mesmo bem interessante.
    Personagens bem construídos, boa escrita.
    Estou seguindo.
    Abraços.
    Diego || Diego Morais Viana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que te agradou, Diego. Obrigado por seguir o blog, já sigo o seu! Abraços!

      Excluir

© Acampamento da Leitura | 2014-2017. Todos os direitos reservados.
Layout por Gleydson.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo