19/12/2014

Resenha: O Teorema Katherine - John Green

Título original: An Abundance of Katherines
Autor(a): John Green
Gênero: Ficção juvenil
Editora: Intrínseca
Nº de páginas: 304
Ano: 2013
Encontre: Skoob
Muito bom
Após seu mais recente e traumático pé na bunda - o décimo nono de sua ainda jovem vida, todos perpetrados por namoradas de nome Katherine - Colin Singleton resolve cair na estrada. Dirigindo o Rabecão de Satã, com seu caderninho de anotações no bolso e o melhor amigo no carona, o ex-criança prodígio, viciado em anagramas e PhD em levar o fora, descobre sua verdadeira missão: elaborar e comprovar o Teorema Fundamental da Previsibilidade das Katherines, que tornará possível antever, através da linguagem universal da matemática, o desfecho de qualquer relacionamento antes mesmo que as duas pessoas se conheçam. Uma descoberta que vai entrar para a história, vai vingar séculos de injusta vantagem entre Terminantes e Terminados e, enfim, elevará Colin Singleton diretamente ao distinto posto de gênio da humanidade. Também, é claro, vai ajudá-lo a reconquistar sua garota. Ou, pelo menos, é isso o que ele espera.
Oi, gente! Hoje eu vou falar sobre o livro O Teorema Katherine, do John Green. O livro foi lançado em 2006, nos Estados Unidos, com o título An Abundance of Katherines. Aqui no Brasil, o livro foi lançado em 2013 pela editora Intrínseca

O livro conta a história de Colin Singleton, um garoto prodígio que acabou de terminar o ensino médio. Em sua vida, ele só namorou com garotas chamadas Katherine, isso mesmo, dezenove garotas chamadas assim, com a mesma grafia. A décima nona Katherine acabou de terminar o relacionamento com Colin, o que o deixa profundamente deprimido. De todas, a Katherine XIX foi a que o proporcionou o namoro mais duradouro. 

Agora que o ensino médio acabou, Colin quer se tornar um gênio, criando um teorema que determine quanto tempo um namoro vai durar. Ou seja, se a tentativa de criar o teorema for bem sucedida, qualquer pessoa poderá saber quando seu relacionamento acabará, e Colin será considerado um gênio por desenvolver tal fórmula. 

Já que Colin está em uma profunda depressão pós término de namoro, digamos assim, Hassan, seu melhor amigo, propõe uma viagem de férias, sem destino certo, e os dois embarcam nessa aventura por lugares novos e desconhecidos por eles.

A partir daí, os dois começam a experimentar coisas novas, e a história se torna cada vez mais interessante e engraçada.
Aquele sorriso seria capaz de pôr fim a guerras e curar o câncer. 
Eu diria que o ponto forte de O Teorema Katherine é a comédia. Eu me diverti muito lendo esse livro, e acho que a tradutora fez um ótimo trabalho traduzindo os sotaques "caipiras" de alguns personagens, ficaram muito engraçados. É impossível não rir com as encrencas em que o Colin e o Hassan se metem. Claro, se você for mal-humorado, ou for uma pessoa que não é capaz de se divertir com um livro, é meio difícil dizer que você vai rir, haha.

Os personagens são muito legais, bem elaborados, e o mais legal de todos, sem dúvidas, é o Hassan. Ele e o Colin funcionam perfeitamente como dupla: um garoto prodígio que precisa de seu amigo "ogro" e não tão inteligente ao seu lado sempre, para orientá-lo em situações comuns do dia-a-dia.

Outro ponto positivo do livro é a capa, que é muito bonita e tem elementos presentes na história. Parabéns, Intrínseca, pela edição linda! 

Eu gostei bastante da forma como o Colin vai explicando o seu relacionamento com todas as Katherines. Ele não joga as informações de uma vez para o leitor, ele vai explicando ao decorrer da história, através de flashbacks. 

O final não me surpreendeu muito, aconteceu o que eu já esperava, mas não deixa de ser um ótimo final. Eu me arrastei um pouco nas explicações dos teoremas. Eu não sou fã de matemática e - meu ponto forte são ciências humanas e linguagens, se você quer saber -, apesar da matemática presente no livro ser simples, pois o narrador explica tudo de forma clara, ainda assim eu me arrastei um pouco. Uma curiosidade é que, dos livros do John Green, esse é o único que não tem uma adaptação para o cinema agendada. Seria um filme legal, se fiel ao livro, e muito engraçado.

Eu indico O Teorema Katherine para todas as pessoas que gostam de uma história com humor, personagens cativantes e leitura simples. Abraços, até a próxima!

20 comentários:

  1. Oi, gostei da sua resenha, já li o livro e também gostei, e eu conheço pessoas que odeiam esse livro (Gi) eu não entendendo o pq u.u
    http://litaralmentelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Arthur
      Também conheço pessoas que não gostam nem um pouco desse livro. Algumas nem leram, e vão na opinião dos outros.
      Obrigado pela visita!

      Excluir
  2. Olá, eu gostei muito de sua resenha... eu não li ainda este livro, mas depois que li sua resenha fiquei morrendo de vontade...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí, Luiz Neto
      Que bom que gostou! É um livro muito engraçado e ótimo para as férias. Obrigado pela visita, abraços!

      Excluir
  3. Olá, amei sua resenha! Gostei muito mesmo, parabéns!
    Tenho esse livro mas ainda não li; também gosto dessa capa, e de história divertidas e em que a amizade dos personagens tenha uma função importante.
    petalasdeliberdade.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou, Mari
      Não sabe o que está perdendo, viu! Vai te proporcionar muitas risadas, já que você gosta de histórias divertidas. Obrigado pelo carinho, beijos!

      Excluir
  4. Oii, tudo bom? O único livro do John Green que li até hoje foi A Culpa é Das Estrelas, por causa de toda aquela agitação que muita gente tava pelo livro kkkk Mas, não gostei muito nao. Pretendo ler outro livro do Green sim, e esse aí é uma possibilidade, achei a premissa bem interessante =D
    Um abraço
    Oficina do Leitor / Facebook

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Daniel
      Pois é, A Culpa é das Estrelas foi uma modinha durante um bom tempo - se ainda não é -, mas o bom é que fez muitas pessoas começarem a ler, assim como outras modinhas, que fizeram os jovens começarem a gostar de livros. Esses são os pontos positivo das modinhas, haha.
      Obrigado pela visita, abraços!

      Excluir
  5. Eu também gostei muito de Teorema e achei super engraçado. Essa capa é um amorzinho *-* Também não gosto de matemática, mas como você mesmo disse, ele explica de uma forma simples então não achei que ficou cansativo. Beijos!!!!
    http://chuvacobertaelivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Fernanda
      Eu sei que matemática é fundamental, mas se eu pudesse, passava longe dela, mas infelizmente, ela é necessária em quase tudo :(
      Beijos!

      Excluir
  6. Oii Gleydson! Eu já li o teorema e também dei muita risada, comecei a ler sem muita expectativa, não tinham me falado muito bem do livro, mas sinceramente me surpreendeu, eu amei a história e me divertiu muito.

    http://joandersonoliveira.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Joanderson
      Eu também não sabia muita coisa sobre o livro, me surpreendeu também!
      Obrigado pela visita!

      Excluir
  7. Esse foi o terceiro livro do John Green que eu li e adorei, mas já vi diversas pessoas que leram e detestaram, não sei como. Apesar da matemática, a história é bem divertida. Beijos!

    http://frases-perdidas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse foi meu primeiro livro do John Green, é o livro dele que as pessoas menos gostam.Também não sei como.
      Beijos!

      Excluir
  8. Oi Gleydson, tenho esse livro na minha estante mas por uma razão que ainda não sei qual, não peguei ainda para ler. Mas estou muito curiosa e empolgada para começar a leitura, Sou fã do John Green, normalmente os livros deles não me decepcionam!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Kétrin, acho que não vai te decepcionar não, ainda mais que você é fã dele. Não é um dos meus autores favoritos, mas ele soube me divertir nesse livro. Obrigado pela visita, beijos!

      Excluir
  9. Achei que eu era a única pessoa no mundo que tinha gostado desse livro mas pelo visto você também ta nessa listinha hahaha
    Adorei a resenha e o blog, já estou seguindo :)
    Beijos.
    Se puder, dá uma olhadinha no meu blog: Blog Palavrear-se :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Wilma, que bom que você também gostou, aposto que deu muitas risadas também. Obrigado por seguir o blog, já visitei o seu, adorei e segui também. Beijos!

      Excluir
  10. Eu tinha a maior curiosidade para ler esse livro, mas minha colega de trabalho me contou o final. :( http://cantinhodacarolll.blogspot.com.br/search/label/Resenhas

    ResponderExcluir
  11. Eu confesso que não gostei muito de O Teorema Katherine. O único personagem que gostei mesmo no livro, foi Hassan.

    Beijos,
    Carinho das Palavras

    ResponderExcluir

© Acampamento da Leitura | 2014-2017. Todos os direitos reservados.
Layout por Gleydson.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo